Benefícios do yoga, Hormônios, Mulher, Sexo, Sistema reprodutor, Sistema urinário, Yoga no dia-a-dia, Yoga para mulheres

Yoga, Ayurveda e Lunação

ciclo menstrual e lunar - grafico Pra Elisa
Yoguini em Paz respeita seus ciclos! Criei este diagrama em comemoração à aula que dei no Yoga Pela Paz 2012 ontem, dia 16/08 na Cia Athlética da Granja Viana, a convite da Bia Cattoni. Bia, sou grata pela rica oportunidade de encontro e partilha.

Junto com o calendário menstrual, o diagrama acima é mais uma ferramenta de apoio ao mergulho na prática de auto-observação, que permite desfrutarmos mais e melhores benefícios da prática de Yoga.

Antes de iniciar sua prática de Yogasanas do dia, sente-se alguns minutos em silêncio, perceba como se sente, lembre-se de qual momento do ciclo você se encontra.

Escolha um (ou alguns) Yogasana(s) que você terá como objetivo (será o ápice de sua prática) pautadando-se em seu estado atual. Escolha uma postura que lhe traga o que estiver faltando. Por exemplo: no período menstrual a principal necessidade é suavizar, restaurar, abrir espaço no baixo ventre para relaxar o útero e o conteúdo a ser expelido fluir melhor e mais fácil, etc. Se tiver algum sintoma ou desconforto (como cólica ou dor de cabeça), este deve ser contemplado sua(s) escolha(s). Assim você personaliza sua prática ao invés de entrar numa prática geral que às vezes não chega tão perto do que é necessário naquele momento.

É claro que receber aulas, o que muitas vezes acontece em grupos, é essencial. O professor nos corrige em nossos “pontos cegos”, nos estimula a ir além de uma possível zona de conforto. Mas se você quer realmente a vivência do Yoga como ferramenta de profundo desenvolvimento pessoal, a experiência de receber aulas deve ser combinada com sua prática pessoal, que é intransferível, já que cada ser é absolutamente único.

Conforme você estuda os Yogasanas entendendo-os assim como ferramentas de auto-desenvolvimento e promoção de saúde, vai familiarizando-se, e eles passam a ser parte de sua inteligência e memória, assim como aprender a dirigir um carro ou escovar os dentes. Após algum tempo, você aprende a decodificar o que está sentindo e a entender que seu corpo pede por um determinado Asana quando precisar dele. Isto é refinamento da escuta interna, ou intuição, como alguns chamam por aí.

Estou à disposição para quaisquer dúvidas sobre o diagrama. Por e-mail, por aqui no blog ou via Facebook (www.facebook.com/fabiana.rodrigues.9085).

Na foto abaixo, as participantes da aula no Yoga Pela Paz realizam a postura Supta Badhakonasana, eleita como maior fonte de benefícios para um período menstrual saudável. Na segunda foto, demonstro como voltar da postura, sem perder a abertura de peito conquistada durante a permanência de 8 minutos.

Supta baddha konasana: permanência de 5 a 15 min. Benefícios: Repousa e restaura. Acalma o Sistema Nervoso Central, diminui ansiedade, irritabilidade, fadiga e depressão. Abre peito (e melhora respiração), ombros e ventre. Órgãos reprodutores nutridos e saudáveis. Suaviza órgãos internos abdominais e torácicos aliviando cólica, dor de cabeça, hemorroidas, indigestão, náusea, espasmo, peso e pressão no útero e pelve. Muito eficiente na cura de candidíase e infecção urinária.  Cuidado: Dor nas costas: use apoio alto, levante-se girando para o lado direito.

Yoguini em Paz respeita seus ciclos!

Boas práticas!

Namastê!

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s